Sonhos, Sonhos

Sonhos

A MESA DA AVÓ MARIA

O que queres dizer com não haver um pedaço grande de bacalhau no meio da mesa de jantar no Natal? Terça-feira de panquecas? Pfft, tenta antes guisado de porco. É a quaresma e estás a comer carne a uma sexta-feira? Grande Não Não! O dia de São Martinho é apenas mais um feriado no teu calendário? Nem pensar, é altura das castanhas.

Com várias tradições gastronómicas em todas as culturas, os Portugueses não são exceção. Ao longo do tempo e com a fusão de culturas, podem variar de casa para casa.  Na nossa, os feriados não podem passar sem os deliciosos sonhos.

Sonhos; são essenciais no na noite de Natal, no dia de Natal e especialmente a Epifania. Regressam no Domingo de Páscoa antes de hibernarem até ao outono, quando as abóboras estão prontas para serem apanhadas. Apesar de parecer que são fáceis de fazer (enrolar, fritar, saborear), a minha mãe é vista nos encontros de familia a fazer estes doces tao apreciados – de preferência no momento, já que são melhores no momento, com um porto ao lado, claro…

Crescer nesta casa garantiu-me que era impossível rever-me nas reclamações de maus almoços – E como é que poderia ser de outra forma? As capacidades culinárias da Maria Esteves é certificada por todos aqueles que têm o prazer de comer à nossa mesa. Não só ela cozinha bem como também com paixão, o que se torna evidente em cada prato, particularmente nas suas refeições de cinco pratos!

Então… do que é que os sonhos são feitos?

Os sonhos são essencialmente bolas de massa frita, em açúcar e/ou em canela. Existem algumas variações dos sonhos – sonhos regulares como mencionei, sonhos de abóbora, sonhos de cenoura e, na realidade, qualquer outra combinação que lhe possa vir à ideia. A Maria é especialista nos sonhos de abóbora, tal como a sua mãe era, que são também chamados de filhoses. Normalmente, ela tem uma abóbora de emergência na despensa, caso tenhamos visitas.

Sabendo que a maioria das pessoas não é sortuda o suficiente para jantar com a Maria sempre que querem, vamos partilhar a receita… embora, tenhamos de esconder dois ingredientes secreto, tal como prometemos. E assim, experimente esta receita – apenas tente não comer a dose inteira!

Sonhos

INGREDIENTES

  • 1 Abóbora
  • 2 Ovos
  • 3 Colheres de sopa de açúcar
  • Farinha, com um peso equivalente ao da abóbora
  • Óleo vegetal para fritar
  • Açúcar de pasteleiro
  • Canela em pó

PASSOS

  1. Descasque a abóbora e corte em cubos. Coza-a, em pouca água, por 20 minutos. Deixe arrefecer completamente. Faça um puré de abóbora com um mixer de mão. Este passo pode ser feito adiantado ou até na noite anterior.
  2. Adicione os ovos ao puré, seguido do açúcar e depois, da farinha.
  3. Aqueça o óleo numa frigideira funda.
  4. Assim que põe a farinha, comece imediatamente a fritar. Ponha uma quantidade pequena de massa no óleo quente. Deixe fritar durante 5 minutos ou até ver que a massa tem uma cor dourada.
  5. Ponha-os num prato coberto de rolo de cozinha, para absorver o óleo.
  6. Ao lado, numa tigela, prepare uma mistura de açúcar e canela.
  7. Assim que as bolas tiverem fritas, enrola-as individualmente na mistura de açúcar/canela e ponha-as num prato para servir.
  8. Bom apetite e bons sonhos!

TEXTO: KATIA CARAMUJO
FOTOS: NOAH GANHÃO

Sonhos
Sonhos
Sonhos
Sonhos
Sonhos

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Newsletter