A zona criativa

THE COTTON FACTORY

Criatividade, inovação e dedicação – três peças cruciais para o sucesso. A capacidade re-imaginar, reconstruir e ver acontecer.

O Robert e a Laura Zeidler têm essas, entre outras, qualidades importantes. Incorporando o que significa perseguir a sua paixão enquanto empresários, escolheram investir no futuro de Hamilton ao transformar uma parte do seu passado. Um antigo moinho que remonta a 1990 quando ainda era conhecido como a Imperial Cotton Company é agora o epicentro da criatividade no centro vibrante de Hamilton.

O edifício principal com três andares, 20 000 pés quadrados – apenas um dos seis edifícios dessa propriedade – é casa para mais de 140 inquilinos, que vão desde artistas a fabricantes independentes e até pequenas empresas.

Uma das suas características mais atrativas são as grandes janelas que cobrem a fachada, iluminando o interior dos estúdios e das áreas comuns. O seu charme e abertura podem ser atribuídas à mistura perfeita de elementos históricos e comodidades modernas.

Caminhar pelo edifício é como folhear as páginas amarelas – passo por arquitetos, aulas de acrobacia aérea, designers gráficos, construtores, artesãos e designers industriais como os meus amigos da empresa The Rock Paper Scissors – o tema geral permanece consistente: criação.

Um dos meus inquilinos favoritos é o Ushi Mart; uma marca que pretende renovar o cenário da moda através das suas peças únicas. Feitos com ética e para durar, são compostos por materiais reciclados o que não só reduz o seu impacto ambiental, mas também contribuir para a natureza única de cada peça.

Outra paragem interessante que liga o velho e novo é All Sorts Press; uma tipografia e estúdio que utiliza formas de impressão do início do século para produzir materiais de impressão de luxo.

Para os muitos indivíduos e equipas à procura de locais de trabalho acessíveis, a Cotton Factory oferece CoWork que disponibiliza espaços de trabalho compartilhados, escritórios privados, salas de reunião e outros recursos úteis que, normalmente, só estariam disponíveis em escritórios grandes e caros. Além destas regalias, o CoWork instiga o sentido de comunidade e colaboração com eventos de networking que redefinem o infame “vamos conectar-nos”. Toma lá, LinkedIn. Oh e sim, também vem com as janelas esplendidas, vigas de madeira, tijolos à vista e piso de madeira – porque estar num bom ambiente é tão importante como qualquer outra parte do processo.

Seis anos depois das renovações, a Cotton Factory continua a evoluir. Um exemplo brilhante de expressão artística na cidade. Um espaço para criar, colaborar e pertencer a uma comunidade.

@cottonfactoryca

TEXTO: FABIANE AZEVEDO & NOAH GANHÃO
PHOTOS: JOSÉ CRESPO

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Newsletter